Os empreendedores são o elemento principal no ecossistema de startups que vem emergindo no Brasil desde 2008 – ano em que surgiu o Startupi.com.br. No início do milênio, poucas iniciativas de startups e de apoiadores ainda se mantinham, resistindo aos efeitos do estouro da bolha da Nasdaq (que incluíam baixa confiança em negócios inovadores e tinham se espalhado, afetando também o Brasil). Poucos bravos surgiam naquele período, mas, de 2008 para cá, quase tudo mudou: aumentou bastante o número de pessoas empreendendo, o número de startups criadas, o número de startups que conseguem se estabelecer (e até crescer), o número de investidores e o número de iniciativas de apoio e fomento do ecossistema.

O estabelecimento de uma Identidade Startup proporcionou o surgimento de uma Comunidade Startup

Quem procura, acha. Por ecossistema, entende-se a rede de relacionamentos e atividades que se reforçam entre diferentes agentes: educadores, financiadores, articuladores, mentores, facilitadores, promotores, divulgadores, até mesmo governadores. Por meio do compartilhamento de informações na Internet, criou-se uma Identidade Startup que, impulsionada, proporcionou o surgimento de uma verdadeira Comunidade Startup que se reforça e se encontra presencialmente. São incontáveis as iniciativas deste tipo que ajudamos a lançar por meio de nossa publicação – e também ajudamos a realizar. Hoje em dia, quem busca um caminho de realização, acaba encontrando por meio da Internet e dos relacionamentos entre as pessoas.

Durante as milhares de entrevistas que já compartilhamos com vocês, um tipo de observação se fez constante e permanece notável: a importância da informação em conectar necessidades e oportunidades, quem busca algo e quem tem algo a oferecer, empreendedores e entidades, eventos, cursos, competições, investimentos.  Nossa conclusão: as iniciativas de todos os tipos de agentes no ecossistema, que fazem do ambiente de negócios cada vez mais um ambiente de inovação, geram e melhoram as condições para quem está criando uma startup. Sem medo de incorrermos em uma metáfora bastante conhecida, acreditamos que o fortalecimento do ecossistema é como uma maré alta que eleva todos os barcos.

Somos team players, jogamos junto. Resolvemos validar o zeitgeist do ecossistema e descobrir quais agentes contribuidores estão no top of mind dos empreendedores. No final do ano, lançamos este questionamento, com apoio da Associação Brasileira de Startups (ABS) e deixamos as respostas em aberto. Estávamos curiosíssimos e não podemos esconder nossa alegria ao vermos que houve um número tão grande de votos e de pessoas, empresas e iniciativas que foram reconhecidas.

Sobre a definição das listas

O infográfico com o resultado fala por si só, mas, para os interessados, vale toda esta contextualização. Entre os 309 empreendedores e 67 empresas, entidades ou iniciativas que foram indicados, vamos divulgar uma lista dos que mais receberam votos. Como queremos reconhecer o esforço de pessoas (e conjuntos de pessoas) que trabalham em prol do coletivo, do todo, e não queremos fazer disso uma competição, optamos por não divulgar o número de votos que cada um recebeu. Também não vamos colocar os nomes em ordem de “mais votado em cima”.

Removemos das listas finais os nomes do nosso empreendedor Diego Remus e do próprio Startupi, pois a intenção não é reconhecer a nós mesmos (mesmo que seja votação popular – muito obrigado!). Desta forma, acrescentamos mais um indicado em cada lista de mais votado.

Lembrando: estas listas demonstram indicações abertas, submetidas voluntariamente. Não se trata de um levantamento de pré-requisitos e realizações. Não significa que apenas estes indicados contribuem. Não significa que a contribuição de outras pessoas, empresas e iniciativas (de qualquer forma, seja divulgação, investimento, conselho, educação, articulação) seja menos importante. O objetivo não é separar, diferenciar, mas chamar atenção para como é importante agir em favor da qualidade das ligações que existem entre todos os agentes, todos aqueles que estão fazendo alguma coisa pelo bem de todos.

infografico_resultado_reconhecimento_2013-3

Empreendedores mais votados – ordem alfabética

Além destes, chamaram atenção pela quantidade de votos o André Barrense (articulador no SEED-MG), Isaías Bosco (empreendedor da Engrene) e a Raíssa Klain Belchior (articuladora do grupo Startups & Makers).

Empresas e iniciativas mais votadas – em ordem alfabética

 O que falta ou seria bom ter mais no ecossistema

  • mais cases de sucesso
  • mais conteúdos técnicos
  • mais divulgação
  • mais investimento
  • mais mentores
  • mais programas
  • mais união
  • menos ego